Tendência boho chic surge com força no inverno 2016 da Valentina

Inspirado pela riqueza de detalhes do estilo boho chic, o inverno 2016 da Valentina aposta na sofisticação dos bordados eletrônicos. Os lançamentos da marca de calçados femininos são destaque durante a Zero Grau - Feira de Calçados e Acessórios, que acontece entre os dias 16 e 18 de novembro em Gramado, na Serra Gaúcha.

A sinergia entre os materiais naturais, como a corda, e os mais elaborados, como os brilhos, é uma característica marcante da Valentina. Em alta na cena fashion, os bordados são referência do estilo boho e a grande aposta da coleção, que evidencia modelos com personalidade, qualidade e ousadia.

Os calçados apresentam variedade de fios, cores, cordões e aplicações de paetês, com destaque para a delicadeza das mini lantejoulas. Os desenhos representam a essência do estilo bohemian, entre eles geométricos e arabescos que sintonizam perfeitamente com texturas em crochê e tricot.

O mix de modelagens para a temporada fria é vasto e inclui sapatilhas e alpargatas – em versões com bico fino ou redondo, ankle boots em duas construções distintas (country e montaria), anabelas e plataformas. Além disso, para as regiões mais quentes do País, a Valentina desenvolveu uma linha de flats que apresenta chinelos e sandálias mais elaboradas.

Representando a tendência esporte chic, a marca introduz diferentes versões dos modelos jogging e slip on - que aparece também na opção com bico fino. A cartela de cores é ampla, mas os grandes protagonistas são os tons marinho e camel, que contrastam com detalhes em cores mais vivas e intensas.

EMPRESA – No mercado calçadista desde 2011, a Valentina cria artigos femininos com padronagens e bordados exclusivos desenvolvidos com alta tecnologia. Tendo como foco mulheres modernas e antenadas nas tendências, a marca possui unidade fabril em Três Coroas, no Rio Grande do Sul, e produz cerca de 2.500 pares por dia. A empresa também está presente no mercado internacional, exportando produtos de alta qualidade para países como a Rússia.