Zero Grau garante importantes resultados para a indústria calçadista

Conheça nosso canal no Youtube

Feira que encerra nesta quarta-feira (18) trouxe para Gramado (RS) as novidades do setor para o inverno 2016. Estandes registraram boas vendas. Somente um comprador internacional comprou cerca de 20 mil pares.

A quinta edição da Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios trouxe resultados que agradaram os empresários.  A feira realizada no Centro de Eventos Serra Park, em Gramado (RS) contou com a presença de 300 expositores e mais de 900 marcas, que lançaram seus produtos para o inverno 2016. “A feira dá uma virada na comercialização de calçados e acessórios. Se vendeu muito aqui na Zero Grau, principalmente por sermos o evento lançador das coleções para o próximo inverno”, destaca Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, empresa promotora da mostra. “Muitos lojistas estavam mais cautelosos e seletivos, mas as vendas aconteceram mesmo assim, mostrando que o mercado está retomando sua dinâmica.”

Uma das expositoras de destaque na feira foi a Jota Pê, de Franca (SP), que teve um bom desempenho, conforme aponta o diretor da marca, Antonio Alves. “Somente com nossas vendas aqui na feira, vamos comprometer pelo menos 20 dias de produção em nossa fábrica. Estamos muito felizes por ter garantido estes resultados”, aponta. Para outra empresa de Franca, a Tucson, a feira representou a manutenção do próprio negócio. A empresa fabrica botas para o segmento country e estava em férias coletivas, com os funcionários aguardando a possível confirmação de pedidos para saber se teriam seus empregos mantidos. Com vendas na feira, a produção será retomada.

No segmento de femininos, os lojistas foram um pouco mais cuidadosos. O diretor da Via Marte, de Nova Hartz (RS) Daniel Gewehr, avalia que houve uma retração na procura dos lojistas por seus produtos. “Senti que os compradores que visitaram o nosso estande estavam mais cautelosos. Isso se deve ao fato de alguns deles terem ainda estoque em suas lojas”, ressalta. Mesmo assim, segundo ele, a Via Marte continua tendo um desempenho recorde no setor, com uma produção diária de 25 mil pares.  O gerente comercial da Mariotta, de Jaú (SP), Marcus Mott, também fez este apontamento, mas destacou que sua marca garantiu um grande número de vendas na feira. “Dentro do esperado, a feira foi muito boa. Apostamos muito na Zero Grau, tanto que trazemos 80% da nossa modelagem para a coleção de inverno para esta edição”, diz.

Atuante na confecção de calçados infantis, a Bibi, de Parobé (RS) teve um desempenho dentro das expectativas da marca. “Nossos resultados vêm confirmando o que já prevíamos, de que a Zero Grau seria uma feira que nos garantiria um grande número de vendas. Saímos do evento muito satisfeitos”, aponta o presidente da empresa, Marlin Kohlrausch. Para a Converse All Star, de Picada Café (RS), o foco da marca na feira não é o de garantir o maior número possível de vendas, mas sim para firmar negócios e fortalecer parcerias. “Atualmente vamos apenas para as feiras em Gramado - Zero Grau e o SICC - pois nosso foco é maior no relacionamento com os lojistas, e também na conquista de novos clientes. Quanto às vendas, costumamos fechá-las com os lojistas após os eventos”, explica a coordenadora de marketing da marca, Michele Bock.

IMPORTADORES FIRMAM PARCERIAS COM EMPRESAS EXPOSITORAS – Também encerram com bons resultados os importadores que prestigiaram o evento. Vieram para a Zero Grau 150 compradores de mais de dez países diferentes.  “Nunca foi tão fácil trazer importadores para a feira. Houve uma grande procura de representantes de diversas partes do mundo. É bom para o comprador, que firma parcerias com o nosso mercado, e é melhor ainda para as empresas, que encaminham os nossos produtos para fora do Brasil”, salienta Frederico Pletsch.

Um deles é Syed Arshad Hussain, da Pro-Active. Ele veio do Paquistão, e disse que encontrou calçados dos mais diferentes estilos. “Procurei especificamente por produtos femininos mais modernos, e por calçados masculinos mais confortáveis. Realizei boas compras por aqui”, destaca o importador, que estima ter comprado de 15 a 20 mil pares na feira.

O comprador Manuel Ferreira, da M. F. Group, veio de Portugal para a Zero Grau pela primeira vez. Ele disse que está na feira para firmar novas parcerias com o mercado brasileiro. “Estou desenvolvendo muitos negócios por aqui. Consegui muitas amostas que estou levando para Portugal. Pretendo firmar parcerias com pelo menos cinco ou seis fábricas. De maneira geral, gostei muito do que vi, e espero estar aqui em mais oportunidades”, explicou.

PRÓXIMA EDIÇÃO - A 5ª Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios encerra nesta quarta-feira (18), mas a próxima edição do evento já tem data confirmada. Serão nos dias 21, 22 e 23 de novembro de 2016, também no Serra Park, em Gramado (RS).

Conheça a 40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios